Por que eu escolhi a moda?

20180228_142754

Olá pessoas, como estão hoje? As vezes, e isso quer dizer muitas vezes, me pego questionando em como vim parar na moda. Que caminhos e que escolhas eu fiz que me trouxeram para este universo? E quais escolhas continuo fazendo que me fazem querer continuar com esta área.

Quando iniciei a faculdade eu me apaixonei pelas possibilidades, pelas transformações, por não ser nada monótono e me tirar sempre da zona de conforto. Eu enjoo fácil das coisas, então preciso de algo que me instigue sempre e me faça crescer, mudar, evoluir. E então, após a faculdade, muitos projeto, perrengues e sucessos, pois não é possível ter um sem passar pelo outro, me tornei professora nesta área. E aí a coisa passou a ficar muito mais interessante, eu descobri que teria que estudar ainda mais, melhorar mais, inovar muito, não parar nunca. Não há limites entre vida pessoal e vida profissional, um está entrelaçado ao outro e no meio disso estou eu, fazendo as minhas escolhas, revendo a minha trajetória sempre.

Mas a moda é bastante contraditória em algumas coisas. A pouco tempo iniciei a leitura do livro Moda com Propósito, do André Carvalhal. E nisso já fui lá e vi o TED em que ele traz vários pontos sobre o que há no livro, na moda e no mundo hoje. E ele traz uma sentença muito direta – a moda como conhecemos hoje chegou ao fim. Ela não é mais possível, ela não tem mais lógica, não tem mais PROPÓSITO.

E é neste momento que reinicio o processo de me reencontrar, rever conceitos, rever postura, rever atitudes e eu trouxe este tema para ser discutido em aula e o que se tem  são mais questionamento, principalmente este: o que eu posso fazer por isso?

20180228_142441

Ainda não cheguei ao final do livro e nem a resposta desta pergunta. Eu sei apenas que tento fazer a minha parte, pensar em quantas pessoas posso prejudicar se escolher uma peça que tenha origem no mercado escravocrata, por exemplo, ou de uma empresa que não valoriza o seu funcionário ou meio ambiente. E acredito que são nestas pequenas atitudes que podemos dar o pontapé inicial para uma mudança maior, muito maior. E se eu não iniciar esta mudança em mim mesma, como posso exigir a mudança do próximo? Como esperar que o mundo se torne melhor se eu tomo atitudes que vão contra isso? E você? Que atitudes toma para um mundo melhor? Uma vida com mais propósito? Pensa nisso, um beijo e até a próxima!

via ideas

2 comentários em “Por que eu escolhi a moda?

  1. Jads, faz tempo já que quero ler este livro pois ouvi algumas indicações já. Faço a minha parte comprando peças de segunda mão, fazendo as minhas próprias peças, muitas vezes com tecidos de descarte da indústria e procurando por empresas da minha região. É um gosto ler ser blog.
    Beijos no coração.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Então Mari, é um livro bem interessante. Nos faz questionar muitas coisas! E fazer cada um a sua parte já é mais do que muitas pessoas fazem, se quer, questão de pensar. E acredito mesmo que é com estes pequenos passos que vamos mudar e encontrar um novo caminho! Muito obrigada por estar aqui! Beijos ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.