NÃO SEJA PROFESSOR

04.png
Fonte: Evento EnModa (Balada Biz, 2017)

Sabem de uma coisa, se eu pudesse dar um conselho a alguém sobre carreiras e opções para a vida profissional eu diria: NÃO SEJA PROFESSOR.

1º É APAVORANTE: sério, quem é professor sabe muito bem disso, primeiro dia de aula do semestre ou do ano: você não sabe o que vai encontrar. Será que é uma turma mais animada ou mais séria? É uma turma que prefere atividades mais teóricas ou mais práticas? Será que eles vão gostar de você? Aquele frio na barriga (que deve acontecer sempre – se não, significa que você perdeu a paixão por aquilo que faz!!!), aquela expectativa, aquela sensação de surpresa, é apavorante sim, e é também a coisa mais incrível.

2º VOCÊ NÃO PODE PARAR NUNCA: nem de estudar, nem de se atualizar e a todo momento você está pensando em algo que possa ser usado em suas aulas. Tudo é aprendizado. A sua busca se torna também o caminho pela qual você se guia e acaba guiando muitos de seus alunos. Você está sempre conhecendo algo novo. Descobrindo novas possibilidades. Explorando novos mundos. Já pensou que coisa mais terrível isso?

02
Fonte: SCMC (2017)

3º VOCÊ NÃO PARA DE CONHECER PESSOAS: sério, essa, acredito eu, seja uma das coisas mais absurdas na vida de um professor. Você está sempre conhecendo pessoas incríveis de tão maravilhosas, descobrindo histórias tão estupendas e possibilidades tão diversas que você sempre se pega pensando: o que mais eu posso fazer? Quem mais posso conhecer e que vão continuar me mostrando o quão linda e incrível a vida é?

4ª NÃO HÁ COMO VOCÊ DESAPEGAR: sim, isso é o mais difícil. Deixar as pessoas seguirem os seus caminhos, acreditar que você deu o seu melhor e que juntos – você, seus alunos, as turmas – fizeram o melhor que podiam uns pelos outros e agora é desbravar seus próprios desafios. Eles se vão e muitas vezes você se pega pensando: onde será que estão? Que escolhas fizeram? Sera que estão felizes? Não, essa parte não é fácil.

01
Fonte: Turma I MBI (2017)

5º O TEMPO PASSA RÁPIDO DEMAIS: este acredito não se aplicar apenas a professores, mas a todos nós, seres humanos que vivem a vida ao máximo da sua beleza. Encontramos nas ruas aqueles alunos das turmas passadas, pessoas incríveis que passaram em seu caminho e você percebe, que tranquilamente, se passaram anos e eles tem outras histórias, ainda melhores, para te contar. Ai você se dá conta de que: você fez parte daquela história. Você fez parte da vida de alguém e se pega pensando novamente: será que eu fui ou ajudei a construir bons capítulos destas histórias?

É, eu realmente não indico a você, que está lendo este texto a ser professor. A não ser, é claro, que você queira uma vida cheia de amor, de novidades, cheia de pessoas maravilhosas e aventuras únicas. Sim, você dedica um tempo gigante a isso, perde alguns cabelos, mas o que você ganha, aaaaah, isso nada no mundo paga. Você ganha tudo aquilo que você passou para os outros multiplicado infinitamente.

Um beijo e até a próxima!

Jads L. Brognara

 

via ideas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.