Por que você escolheu a sua profissão?

Olá, hoje trouxe um conteúdo pouco comum de aparecer por aqui para vocês. Um conteúdo da qual resolvi questionar você que me acompanha no blog Traços ou Linhas ou por meio da minha coluna no Jornal Destaque, de São Ludgero, por que você escolheu a sua profissão? 

Primeiro alguns pontos muito importantes, você NÃO É a sua profissão, você ESTÁ na sua profissão. Outra situação, há momentos e momentos em nossas vidas, e em alguns destes estamos atuando em profissões que não nos identificamos com as mesmas por vários motivos: não gostar do que faz, não se identificar com a empresa, acreditar que pode ser e fazer mais em outras situações e diversos outros motivos. Ou seja, há momentos em que estaremos trabalhando ali, naquele ambiente pois, talvez precisamos do salário ou é uma empresa da qual você prevê grandes possibilidades de crescimento e evolução. Porém é muito interessante (para não dizer incrível) a sensação que é trabalhar com aquilo da qual gostamos e nos identificamos.

O prazer que é encontrar coisas boas em cada situação faz com que trabalhemos melhor e com mais facilidade em cada situação.Não é fácil descobrir com o que realmente nos identificamos até passar por aquilo, seja uma escolha de formação, um trabalho ou qualquer outra situação em nossas vidas. Até que realmente tenhamos a experiência apenas imaginamos o que é e como é estar em determinado ambiente.Tive o grande prazer e talvez a sorte de me descobrir apaixonada pela minha profissão atual.

Lembro muito bem do drama de estar no último ano do ensino médio, com 17 anos e precisando “decidir” toda a minha vida. Dividida entre áreas muito distintas (biologia marinha, oceanografia e artes – moda nem passava pela minha cabeça!), fiz os vestibulares e esperei por seus resultados. Aprovada em uma das opções (a mais inviável naquele momento), optei por usar a minha nota do ENEM e tentar uma bolsa pelo Prouni e a minha primeira opção ali foi então a graduação em Design de Moda.Fiquei apaixonada e descobri que me identificava absurdamente com área. Ao longo do nosso processo de crescimento vamos descobrindo o que mais gostamos ou não e vamos nos construindo ao redor disso.

Após formada surgiu esta oportunidade (na mesma instituição da qual me formei!), de tornar-se uma trainee em docência, mais uma vez (dedicação, sorte, estar aberto as oportunidades, chame do que quiseres), outra paixão: ENSINAR. Hoje estou professora, daqui a alguns anos, posso estar em outra situação, mas algo da qual eu sei que SOU é ser apaixonada por ensinar, seja na situação que for sempre vou tentar ensinar ou compartilhar com alguém aquilo que sei e pretendo ser sempre uma aprendiz em tudo. E você, atua com o que hoje? Beijos e até a próxima!

Jads L. Brognara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.