Aproveitar ao máximo

Olá, olá gente linda! Hoje resolvi compartilhar por aqui algo que irá mudar (na verdade já está mudando, e muito!), a minha vida e o meu corpo e por consequência as minhas roupas e a maneira como me comunico com o resto do mundo, afinal de contas, roupa é comunicação! Entrei para o grupo de futuras mamães! Estou à espera do meu primeiro filho e junto com ele cresce toda a expectativa, o amor e as perguntas! Mas hoje vim falar especificamente sobre as roupas de uma grávida, mais especificamente do início desta fase!

Gente, é claro que vou falar pela minha experiência (que é muito pequena e de apenas 17 semanas até aqui!), então é provável que mude muita coisa e que eu também mude bastante de opinião, então, vamos tentar não julgar taaaaanto assim, combinado?!? A primeira coisa que percebi e senti (depois de alguns enjoos), foi que o jeans não ia mais funcionar comigo! Aliás, devido a pandemia e a estar trabalhando em casa eu já não estava mais utilizando, pois não são exatamente as peças mais confortáveis que estão no meu guarda-roupas. A minha barriga de grávida mesmo começou a aparecer cerca de 3 semanas atrás e de lá para cá já ganhou alguns centímetros, porém já percebi um aumento de quadril e busto, ou seja, as minhas peças mais justas ficaram ainda mais apertadas e até desconfortáveis! O que fazer então?

Primeiro passei a utilizar ainda mais leggings e calças tipo montaria, meias calça com saia ou vestidos e casacos longos, combinações que amo e sempre são peças no meu inverno. Porém, muitas coisas já não me cabem mais como antes e me deixam desconfortável e não quero comprar peças, a não ser que muito, muito necessário, ou seja, o jeito é testar combinações diferentes com o que me servem e que ainda sim, fiquem legais! Isso não é novidade para ninguém, mas sei que algumas pessoas têm muita dificuldade em tentar diferentes combinações, não é mesmo?

Uma das peças que mais estou utilizando é um vestido soltinho, em linha A, de organza estampado em tons escuros, que uso com meia calça e casaco nos dias mais frios e sem tantas sobreposições em dias mais leves, combinando com botas, sapatilhas e até tênis. Outra peça que me ajudou foi uma calça em jeans bem fininho e com elástico no cós (presente de uma amiga <3), que ajudou bastante nos primeiros momentos e ia muito bem com várias blusas diferentes!

De mais a mais, por estar trabalhando de casa as peças de baixo acabam sendo os meus pijamas, afinal de contas são ultra confortáveis, não apertam o abdômen e ainda são quentinhos! O que mais eu poderia querer, não é mesmo? Mas estas peças de baixo (calças, saias, bermudas ou outros), têm sido os itens mais difíceis para mim e acredito ser um problema para outras mamães também! Agora estou aguardando dias mais quentes, onde espero ter maior facilidade de combinações e uso das minhas peças! Você já passou por isso? Se tiver alguma experiência para compartilhar, manda pra mim, vou adorar saber mais! Um beijo nosso e até a próxima!

Jads L. Brognara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.