Tie dye: o que é? De onde veio?

Olá, olá gente linda! Se você tem alguma rede social, entrou em alguma loja física ou virtual nos últimos dias já viu estas estampas super coloridas por aí, não é mesmo? Pois então, este é o tie dye! E eu não vim aqui ensinar vocês a fazer ele (essas dicas você encontra facilmente espalhadas por aí!) e se você não quer se arriscar a fazer, pode muito bem comprar algo pronto, afinal de contas, é algo que está super em alta no momento! O que eu vim falar aqui hoje foi um pouquinho sobre a história desta técnica milenar!

O tie dye não é algo tão recente assim, apesar de muitas e muitas pessoas associarem o mesmo aos anos 1970 e 1990, esta técnica já tinha registros na história no século VI, por exemplo. E foi observada em países como o Japão, a China, a Índia, no continente africano e até aqui no Peru. Claro que em cada lugar com suas particularidades e detalhes, mas em resumo a técnica é a mesma: amarrações no tecido e o uso de mais de uma cor para tingir as partes que ficam mais “livres”.

Mas por que então os anos 1970 e 1990 são tão marcantes para nós? Na década de 1970 essa técnica ganha muita visibilidade devido ao movimento hippie, um dos maiores adeptos de seu uso até hoje. Afinal de contas é uma técnica muito fácil de ser feita em casa, artesanal e personalizável, ou seja, muito ligada ao movimento em si.

Após os anos 1970, vem então os anos 1990, onde o movimento clubber faz então o uso desta técnica com algumas características mais específicas como uso de muito mais cores e estas muito expressivas, marcantes e vibrantes. Legal, né? Eu gosto bastante de observar como a moda é cíclica e sempre a resgatamos e reinventamos, adaptando as tendências a nossa realidade e momentos atuais.

E por qual motivo o tie dye voltou agora? Primeiro, estamos passando bastante tempo em casa, o que nos deixa um pouco entediados, não é mesmo? Aí muitos pesquisam coisas que podem ser feitas em casa, de maneira fácil e esta técnica é uma destas coisas. Outra situação é que esta técnica está associada aos movimentos de questionamento a algum movimento ou situação em que a sociedade está passando, ou seja, mais um item de conexão com o momento, certo? Mas a pergunta que fica é: você já fez a sua própria estampa? Ainda não? Pretende se arriscar ou é do grupo mais cuidadoso e prefere comprar algo pronto? Por aqui ajudei a minha irmã mais nova a fazer a dela, mas não muito a minha cara! Espero que você se divirta caso queira experimentar e se quiser, compartilha o resultado com a gente! Um beijo e até a próxima!

Jads L. Brognara

Fonte de algumas imagens: https://artsandculture.google.com/search?q=tie%20dye

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.